sábado, 30 de agosto de 2014

AMANHECE EM PARIS

Amanhece em Paris
Ann Hulme
Coleção Clássicos da Literatura Romântica, nº 0
Editora Nova Cultural , 1987
Assunto Cotidiano
A Grande Guerra os separou… Agora, cheios de medo, Eles buscam a felicidade Jake vivo? O coração de Alice começou a bater num ritmo frenético. Era inacreditável estar em Paris e ter diante dos olhos o homem amado, o ídolo que ocupara seus sonhos loucos durante o período da guerra. A custo controlou a vontade de jogar-se nos braços dele. A realidade provocou o inevitável desencanto: Tudo havia mudado, também ela … e ele. Outra guerra se iniciara. Aquele Jake que fora dado como morto talvez tivesse morrido porque esse homem, física e emocionalmente ferido, agia como um estranho hostil. Capaz até de arrumar uma cama para que Alice deitasse com outro, apenas para que ela o

BAIXAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário