domingo, 31 de agosto de 2014

AO SOM DE RAGTIME

Ao Som do Ragtime - Classicos da literatura Romantica - Maureen Bronson

APENAS A MÚSICA DEVERIA FALAR ... E DOMINAR!

Quando cruzou a porta da sala onde seria submetida ao teste, a jovem Toby Wells disse adeus à infância e à certeza de que só deixaria a casa paterna para assumir um casamento. Suas composições a levariam aos palcos de Nova York, seria uma estrela do ragtime! Dominando o nervosismo, sentou-se ao piano para executar suas composições, alheia à perturbação que provocava em Michael Sedaine. O famoso empresário lutava para analisar o trabalho com olhos imparciais, para avaliar a artista, não a mulher bonita e audaciosa que havia abalado fortemente seus sentidos.
Porque Toby desejava iniciar uma carreira artística sem permitir que nada, além da arte, a prendesse. Apenas a música deveria expressar seus sentimentos e garantir sua passagem para um outro tipo de vida, independente, sem laços tiranos do amor.
BAIXAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário